Novo modelo de currículo: confira tendências e mudanças

 

Para conseguir a sua tão sonhada vaga no mercado de trabalho seja como estagiário, trainee ou efetivo é preciso estar antenado as novas tendências e mudanças. Nesse momento é essencial mostrar de forma certeira as suas qualidades e convencer que o seu perfil é o ideal para a vaga. Com isso, o seu currículo torna-se uma ferramenta poderosa quando usada de forma correta. Veja abaixo algumas dicas de como produzir um currículo dentro das novas tendências:

1 – Sem fotos: Hoje em dia (talvez um pouco menos do que alguns anos atrás) ainda temos alguns candidatos que enviam os seus currículos com foto, mas para o novo modelo de currículo é indicado que o candidato troque as fotos por links de redes sociais como o LinkedIn, por exemplo.

2 – Mais resultados: O novo modelo de currículo pedirá ao candidato informações que descrevam os problemas que ele tenha ajudado a resolver em seu emprego, estágio ou até mesmo alguma situação que passou na sua vida. Com isso, será possível que o empregador tenha uma noção mais clara sobre as habilidades do candidato de trazer resultados.

3 – Currículo cego: Com o objetivo de evitar com que os preconceitos do empregador influenciem a sua escolha, esse modelo de currículo acaba eliminando dados básicos do candidato como idade, gênero, nacionalidade e endereço. Especialistas afirmam que no Brasil esse preconceito ocorre mais na fase presencial da entrevista do que na entrega do currículo. Portanto, seria necessário desenvolver outra tática, que não levasse em consideração os aspectos físicos do candidato.

4 – Esteja preparado para gravar vídeos: As entrevistas por vídeo-chamada podem ser consideradas normais no dia a dia de candidatos e recrutadores. Mas, cada vez mais teremos empregadoras que cobrem um material de apresentação em vídeo para ser enviado junto com o currículo. Esse modelo pode fugir um pouco da proposta que vimos anteriormente que fala sobre o currículo cego, entretanto, o grande ponto para o uso do vídeo será avaliar as habilidades de comunicação do candidato.

E aí, gostou das nossas dicas? Está preparado para elaborar um novo currículo? Mãos à obra e boa sorte!

Fonte: Via Carreira

Comentários